Manifesto

 

Carina Vitral é esperança de inovação na política em São Paulo e no Brasil

O Brasil mais uma vez passa por um momento difícil de sua história. O desmonte do Estado, a crise econômica, o desemprego, os cortes de orçamento na saúde e na educação deixam a juventude, as mulheres, os trabalhadores e as trabalhadoras sem perspectiva.

A velha política que está conduzindo os ataques aos nossos direitos tem no estado de São Paulo, há décadas, seu principal ponto de apoio. Essa política vem fazendo um desmonte das universidades estaduais paulistas, a privatização do patrimônio público, como a Sabesp, e a redução de investimentos na pesquisa e seus instrumentos de fomento, como a Fapesp. Além disso, convivemos com o sucateamento dos hospitais públicos.

Como na tragédia do Museu Nacional e, anteriormente, do Museu da Língua Portuguesa, aqui em São Paulo tentam apagar nossos sonhos. Mas não irão conseguir, porque resistimos.

As mulheres, principais atingidas pela crise, são as que mais resistem às ideias conservadoras. São sub-representadas na política, mesmo sendo metade das eleitoras. Queremos não só fortalecer a participação feminina, mas lutar por políticas públicas que cuidem da vida das mulheres.

Assine o manifesto!

O Brasil e São Paulo são muito mais do que está aí. Somos uma grande nação e um grande estado. Temos uma juventude criativa, mentes brilhantes, inventividade, muitas riquezas, homens e mulheres de coragem para construir um novo caminho. As chaves da transformação sempre foram a união e a inovação.

A candidatura de Carina Vitral a deputada estadual reúne essas três chaves: união, inovação e coragem.

Feminista, jovem, ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), entidade popular sempre na linha de frente das mudanças pelas quais passou o país, Carina é expressão do novo na política.

Quando candidata a prefeita de Santos, em 2016, empreendeu profícuo diálogo com a cidade, desde o povo pobre, passando pelas mulheres, pelos trabalhadores organizados, professores, gestores e a juventude. Carina deixou um legado no coração de muitos santistas: a confiança de que uma outra cidade e um outro Brasil são possíveis.

São Paulo precisa de parlamentares como Carina Vitral na Assembleia Legislativa. Por essa razão, todos os que assinamos este manifesto o fazemos em apoio à renovação política que Carina Vitral trará para nosso estado e para o país. Assinamos porque acreditamos em um futuro próspero para São Paulo e para o Brasil.

São Paulo, setembro de 2018

 

Quem já assinou:

Dilma Roussef – Presidenta eleita do Brasil
Manuela D’Ávila – Candidata à Vice-Presidente da República
Maria Amalia – Reitora da PUC-SP
Tarso Genro, Ex-ministro do presidente Lula e ex-governador do RS
Artur Chioro – Médico e Ex-Ministro da Saúde
Franklin Martins – jornalista e ex-ministro no governo Lula
Celso Amorim – diplomata e ex-ministro nos governos Lula e Dilma
Joanna Maranhão – atleta da natação
Carol Proner – Professora da Faculdade de Direito da UFRJ e Advogada
Nadia Campeão – Agrônoma e ex-vice prefeita de São Paulo
Laerte Coutinho – Cartunista
Fausto Figueira – médico e ex-deputado estadual
Eduardo Modena – Reitor do IFSP
Sergio Mamberti – Ator
Fernando Morais – Jornalista e escritor;
Tereza Cruvinel – Jornalista
Manoel Rangel – cineasta, ex-presidente da Agência Nacional do Cinema (ANCINE)
Leda Paulani – Professora da Faculdade de Administração, Economia e Ciências Contábeis da USP
Rosana Miranda – Professora da Faculdade de Arquitetura da USP
Vicente Trevas – Sociólogo
Ladislau Dowbor – Arquiteto, professor da PUC-SP
Tata Amaral- Cineasta
Marcia Rosa, professora de Química e ex-prefeita de Cubatão
Jamil Murad – Médico, Ex-deputado estadual, federal e vereador em SP
Liege Rocha – Bibliotecária, membro do comitê da direção da FDim
Madalena Guasco – Diretora da Faculdade de Educação da PUC-SP
Elizangela Lizardo – Bióloga e Professora IFSP
Wellington Pinheiro dos Santos – Professor do Departamento de Engenharia Biomédica da UFPE.
Gabriela Zancaner Bandeira de Melo – Advogada
Priscila Arantes – curadora , diretora cultural e professora universitária
Roberto Tardelli – Promotor de Justiça
Victor Pellegrini Mammana – Diretor do Centro de Tecnologia da Informação -CTI Renato Archer
Andressa Moretti – Professora e Conselheira Docente do Conselho Superior do IFSP.
Renato Rovai – Jornalista, editor do site/revista Fórum
Laurindo Lalo Leal Filho – Jornalista, professor aposentado da ECA-USP
Maria Inês Nassif – Jornalista
Ronald Ferreira dos Santos – Presidente do Conselho Nacional de Saúde
Marianna Dias – Presidenta da UNE (União Nacional dos Estudantes)
Flávia Calé – Presidenta ANPG (Associação Nacional de Pós-Graduandos)
Pedro Gorki – Presidente da UBES (União Brasileira de Estudantes Secundaristas)
Helena C L de Freitas – Professora Doutora (aposentada) da UNICAMP.
Nereide Saviani- Doutora em Educação pela PUC de São Paulo. Diretora de Formação da Fundação Maurício Grabois.
Marilane Oliveira Teixeira – Economista, pesquisadora na área de relações do trabalho e gênero do CESIT/IE-Unicamp. Membro do Fórum Permanente em Defesa dos Direitos dos Trabalhadores Ameaçados pela Terceirização.
Mary Garcia Castro – Aposentada UFBA; bolsista senior Capes/PPGREC-Uesb, pesquisadora FLACSO-Brasil
Isadora Calil Elias Rodrigues – jornalista e empreendedora
Júlio César Vellozo – Professor Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da FADISP
Renata Mielli – Jornalista, Coordenadora Geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC)
Edilson José Graciolli – Cientista Político e Sociólogo, docente da Universidade Federal de Uberlândia;
Elton Barz – Professor adjunto da Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná;
Denise Batista de Castro Menezes médica neurologista, com mestrado em biologia molecular
Martonio Mont’Alverne Barreto – Advogado e Professor – UNIFOR
Marcelo Pereira Fernandes – Professor do Departamento de Economia da UFRRJ.
Olival Freire, Professor Titular – Instituto de Física da UFBA
Patrícia Constante Jaime – Professora da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Antonio Carlos Miranda – Professor do Departamento de Física da UFRPE
Luiz Roberto Oliveira – Docente aposentado da Faculdade de Medicina da Unesp/ Botucatu-SP
Ilka Bichara – Professora Associada, Instituto de Psicologia/UFBA
Sérgio Mário Lins Galdino – Professor da UPE / UNICAP
Camilo Onoda Caldas, Professor – Escola Paulista de Direito e Universidade São Judas
Eberval Castro – Diretor Geral do IFSP Campus Campinas.
Elaine da Silva Tozzi – Conselheira Discente do Conselho Superior do IFSP.
Olgamir Amancia Ferreira – Professora da Universidade de Brasília ( UnB)
José Audisio Costa – Professor da UFPE
Nilson Weisheimer – Professor da UFRB
Euzébio Jorge Silveira de Sousa – Presidente do Centro de Estudos e Memória da Juventude (CEMJ)
Paulo Pereira – Professor de Relações Internacionais PUC-SP
Bruna Angotti, professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie e pesquisadora;
José Roberto Murisset, neurologista e neurofisiologista com pós-graduação em Farmacodependência
Maurilio Chiaretti – Presidente do Sindicato dos Arquitetos de São Paulo
Dorberto Carvalho – Presidente do SATED-SP (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de SP)
Liana Perez Oliveira : Arquiteta e Urbanista, doutoranda FAU USP e professora da Fiam-Faam;
Rudifran Almeida Pompeu – Presidente da cooperativa Paulista de Teatro
Dandara Ferreira – Cineasta;
Jessy Dayane – Vice-Presidenta da UNE (União Nacional dos Estudantes)
Aurélia Rios – Psicóloga com atuação na área Social e Comunitária
Altamiro Borges – Jornalista
Wagner Moreira Gonçalves – Economista
Alexandre Santini – Diretor de teatro
Marcos Pellegrini Bandini – Geólogo
Marizete Fernandes Bandini – Bióloga, analista ambiental da prefeitura de Santos
Erandy Albernaz – Psicanalista
Brenda Amaral – Teatro Oficina
Reinaldo Martins – Historiador, ex-vereador de Santos
José Roberto Torero – escritor e cineasta
Pablo Capilé – Fora do Eixo e Midia Ninja
Telma de Souza, ex-prefeita de Santos, ex-deputada federal e estadual, atual vereadora em Santos
Roberto Tykanori Kinoshita – Médico psiquiatra, Ex- coordenador nacional de saúde mental do Ministério da Saúde
Pedro Serrano – Advogado e professor da PUC-SP
Paulo Moreira Leite – jornalista e escritor
Leonardo Attuch – editor do site Brasil 247
Laura Capriglione – Jornalistas Livres
Hildegard Angel – jornalista
Sidnei Aranha, advogado e secretário de Meio Ambiente do Guarujá.
Cassandra Maroni, geógrafa e ex-vereadora de Santos
Juliana Mesquita – Atriz
Camila Mota – atriz
Sylvia Prado – atriz
Marco Francisco Alves – Prof. Ensino Básico. Araçatuba/SP
Silvana Zioni – Arquiteta e Professora da UFABC
Penha Pacca – Arquiteta e urbanista da prefeitura do município de SP
Pedro Costa – Geógrafo
Leila Diegoli – arquiteta e ex-diretora do DPH da Prefeitura de São Paulo
Ana Beatriz Goulart de Faria – Arquiteta e Urbanista e Pesquisadora na USP
Mônica Garner – Arquiteta
Geraldo Souza Dias – Artista Plástico e professor da ECA-USP
Mirthes Baffi – Arquiteta
Rodrigo Queiroz – Arquiteto e Professor da FAU-USP
Roseli Camara – Cantora e Assistente Social
Sonia Aparecida Ignácio da Silva – Doutora em Educação pela PUC de São Paulo
Mária de Fátima Barbosa Abdalla – Profa. Doutora da Pós-Graduação em Educação da UNISANTOS. Dirigente da ANFOPE – Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação.
Fernando Mascaro – Arquiteto
Hélio Vicci – Artista Plástico e Arquiteto
Paulo Eduardo Fonseca – Arquiteto e professor da FAU-USP
Eugenio Queiroga – Arquiteto e professor da FAU-USP
Paulo Pignanelli – arquiteto e poeta
Elza Braga arquiteta
Chayene Cardoso arquiteta
FRANCISCA ELEODORA SANTOS SEVERINO – Socióloga. Professora Doutora da UNINOVE.
FREDERICO LOPES NETO – Geógrafo. Professor (aposentado) da rede estadual/SP
LUIZA CORDEIRO – Geógrafa. Professora do Ensino Básico Estadual – Guarulhos/SP
OCIREMA BRANDÃO – Mestra em Educação pela UNISANTOS.
Mauro Claro arquiteto e professor de Design no Mackenzie
Tatiana Cipoli – Artista plástica
Sonia Afonso – Arquiteta e professora da universidade Federal de Santa Catarina
Leoni – cantor e compositor
João Sette Whitaker Ferreira – Professor da FAU-USP e ex-secretário de habitação da prefeitura
Raquel Rolnik – professora da USP e ex-secretária de programas urbanos do Ministério das Cidades
Maria de Lourdes Zuquim – Arquiteta e professora da FAU-USP
Guilherme Varella – Advogado
Lúcia Barroco – Assistente Social e professora da PUC-SP
Vitória Barbosa Ferreira – estudante de Geografia da USP
Antonio Joaquim Severino – Filósofo. Professor Dr. da Pós-Graduação em Educação da UNINOVE.
CASSIA DAMIANI – Universidade Federal do Ceará
Iasmin Ogata – Estudante de Arquitetura (FAU-USP)
Julia Ascencio – Estudante de Arquitetura (FAU-USP)
Luan Vinícius Fernandes dos Santos – Estudante de Arquitetura (FAU-USP)

  • Rodrigo Alves Pereira - Acadêmico de Tecnologia em Agronegócio. Líder Estudantil. Ex-filiado ao PT. Recém filiado ao PDT. Defensor da democracia. - São Raimundo das Mangabeiras
  • João Vinicius Santos Bezerra - Estudante de Design Gráfico (UNIP-SP) - Barueri
  • Raphaela Betarello - Acadêmica em Odontologia - UNAERP - Serrana
  • Rafaela - Advogada - Ribeirão Preto
  • Valdeir Cochito - Funcionário Publico - Poloni

Total de assinaturas: 55

Participe!

Essa campanha tem como principal objetivo ocupar o poder para renovar a política. Por isso, essa caminhada será coletiva e construída por muitas mãos. Ao preencher o cadastro, você estará fazendo parte do nosso coletivo de voluntários que levarão esse projeto jovem e popular à ALESP.

Como você gostaria de participar?

Organizar reuniões com amigos e familiaresColocar placa em casaColar adesivo no carroDivulgar material de campanha via WhatsAppCompartilhar postagens da Carina no FacebookParticipar de panfletagens e atividades de campanha

Colabore com a campanha

Carina foi presidente da UNE e da União Estadual dos Estudantes de São Paulo. Em 2016, disputou a eleição para prefeitura de Santos (SP), e atualmente preside a União da Juventude Socialista.

Junto com a candidata a vice-presidenta da República Manuela D´Ávila, acredita no empoderamento feminino e luta para que as mulheres e os jovens tenham condições de participar da política.

Você que quer a renovação na política, que acredita na força das mulheres, dos jovens, dos negros, dos LGBTs, que confia na capacidade de transformação da maioria que hoje está alijada das decisões políticas, colabore.

Você que luta por educação pública de qualidade, para resgatar a democracia e para que o Brasil tenha um projeto de desenvolvimento que gere emprego, distribua renda, garanta direitos e ofereça oportunidades a quem precisa, venha nesta caminhada.

Nossa luta só pode ser vitoriosa com a força coletiva, com a sua participação. Quem mora em outros estados também pode colaborar. Doe qualquer valor.

Doe

Siga nas redes

E-mail: [email protected]

Me chame no WhatsApp  

Share This